fbpx

TÉCNICAS PARA PROMOVER BONS CONTEÚDOS

10 Maio 2019

CRIAR UM BOM CONTEÚDO

Já que falamos tanto da importância de  publicar bom conteúdo, acreditamos que é o momento de refrescar um pouco o que é que queremos dizer com bom conteúdo. Evidentemente, diferentes pessoas pensarão que diferentes coisas são entretidas ou interessantes. Mas, existem certas categorias de conteúdo que são interessantes para a maior parte da população. Depois de estudar o conteúdo popular das redes sociais mais importantes, elaboramos uma guia de todos os tipos de conteúdo que adoram à maioria das pessoas. Com isto não queremos dizer que este deve ser o conteúdo escolhido, mas cabe a nós identificar aquilo que melhor funciona na World Wide Web.

Saber dar criatividade aos nossos textos é fundamental para criar público!

HISTÓRIAS DRAMÁTICAS OU INCRÍVEIS

Por incrível que parece não há nada melhor que um bom drama. Já seja de todo verdade ou a meias, todos os dias passam coisas disparatadas ou incríveis e a maioria das pessoas desconhece-as. Existem muitas histórias estranhas ou pessoais ou de vidas que se colocam pelas redes sociais com a intenção de criar um impacto nas emoções dos demais. Obviamente que não precisamos expõr-nos ao rídiculo para chamar a atenção, mas podemos usar histórias ou acontecimentos importantes ou destacáveis dos nossos percursos de negócio para contar uma história. História essa que pode ser de inspiração ou de alerta.

ESCÂNDALOS

Outra grande aposta para muitos criadores de conteúdo são os escândalos. E se assim não fosse, não se vendiam revistas cor de rosa, cheias de coscuvelhices de pessoas famosas ou menos famosas, porque causam impacto e obviamente porque existe um público para elas. Da mesma forma como funciona na internet. Todos acompanhamos os escândalos, polémicas e outras derivações, porque parece ser um conteúdo que atraia muita gente. Uma vez mais, não importa o quanto de mau gosto é a situação, nunca substime o fator: Podes acreditar o que este/aquele fez?

EXCLUSIVIDADE

Uma das coisas que adora às pessoas é ler a informação diretamente da sua fonte original. Se tu és o primeiro a conseguir a história ou informação em exclusivo, vais conseguir links de todas as pessoas que queiram partilhar o teu conteúdo. Se não tens uma história exclusiva, podes abordar a história de outra maneira ou ângulo e chamar-lhe “exclusiva” de todos os modos. No entanto, deve assegurar-se de que é adaptada a história à sua prespetiva completando-se com a informação que possa estar em falta. Deve agregar factos novos e opiniões e sobretudo, enfocá-la desde uma prespetiva diferente aos outros.

IMAGENS

Em qual farias tu clique?: Um link que diz: “Gorila salva menino ferido” ou esse mesmo link sobre uma imagem de um primata enorme a lançar-se sobre um leão com um menino asssustado a agachar-se debaixo dele? A imagem é evidente. Ás vezes as palavras podem ser mais claras que as imagens, por exemplo, quando um livro é melhor que um filme, mas um consumo internauta rápido, uma imagem ganhará sempre. Sempre se diz que uma imagem vale mais que mil palavras. E se falamos de vídeos, então vale mais que um milhão de palavras e mil imagens.

Tem de haver um equilibrio entre o que se publica e como se quer que seja interpretado, no entanto nunca deveremos recorrer ao engano. Podemos sim, criar a informação de forma mais atrativa, para que o leitor se prenda a ela.

PROMOVER O TEU CONTEÚDO ATRAVÉS DOS MEIOS SOCIAIS

Permite-nos andar para trás no tempo um bocadinho! Para promover o teu conteúdo nos diferentes meios sociais aos que pertenças, deves ter amigos, fans, seguidores ou subscritores. Como seja que se chame a tua audiência em cada lugar ou plataforma, necessitas uma base sólida deles para promover o teu artigo, imagem ou vídeo. Juntar a audiência é um processo bastante simples: só tens que começar por agregar a toda a gente que já conheces e depois enviar pedidos de amizade (ou o equivalente) aos teus amigos. Por cada amigo que se junte à tua rede, ganhas o potencial facto de que as pessoas que já seguem o teu amigo, também se juntem a ti, por inércia. Nem todas as pessoas vão aceitar os teus convites, obviamente, mas muitas pessoas o farão e não precisas muitas pessoas para começar de todas as formas. Lembra-te que muitas redes sociais requerem um mínimo de conexões para te desbloquear o simples facto de estares visível. Por exemplo, em Facebook, enquanto não tiveres pelo menos 100 amigos, não te deixa nem aparecer o teu perfil, nem fazer configurações, em páginas de negócios.

As conexões novas vão surgir de forma orgânica ou natural ao estares ativo numa rede social. Outra coisa, por norma geral, é que não deves mandar mais de 10 pedidos de amizade por dia ou começas a imcumprir as normas e o facebook pode deixar de promover-te por considerar-te spam.

Depois de consolidares a tua presença nas diferentes redes sociais às que te tenhas unido, os passos para partilhar conteúdo são muito simples. Aqui tens como se faz num par de sítios importantes:

FACEBOOK

Partilhar nas nossas redes sociais os conteúdos é essencial para chegar a mais público!!

Depois de criar uma página pessoal, podes criar uma página de empresa ou marca. As páginas de negócios querem atrair mais pessoas para que gostem da página e lhes sigam da mesma forma como as páginas pessoais querem encontrar mais “amigos”.

Para ganhar pessoas para que gostem da tua página, deves mandar sugestões aos teus amigos para que te sigam. Há um apartado que se chama convidar amigos. Quando as pessoas gostam de uma página no Facebook, a ação tem por hábito ser anunciada no seu canal de notícias. Hoje em dia, já tem que verificar nas métricas quem se juntou à tua pequena grande família de público. Podes ver na tua página pessoal quando aparece algo do genéro: “Maria Joaquina gosta de Panrico Donuts de Portugal S.A.”, por exemplo

Assim sendo, a maioria poderá detetar que essa pessoa gosta da página e assim ter a curiosidade de gostar também.

E portanto, que tipo de conteúdos podemos fazer que mais pessoas vejam? Como falamos anteriormente conteúdo e informação que seja atrativo às pessoas, cujos links possam ser interessantes para que ao clicar ganhes tráfego a páginas tuas e que façam com que os teus amigos partilhem com outros amigos e que dessa forma aumente a tua audiência. Quanto mais vezes o teu conteúdo for partilhado mais hipóteses tens de chegar a mais gente.

YOUTUBE

Depois de criares uma conta, para teres o teu próprio canal nesta plataforma de vídeos, tens de começar a subir algum vídeo. Até que tenhas subscritores ou amigos que vejam esse vídeo e se subscrevam não vais poder avançar. Podes enviar pedidos de amizade a outros utilizadores de Youtube, mas essa técnica já não funciona bem e pode ser considerada spam. No entanto, para ganhar subscritores deves ter um vídeo de excelente qualidade de imagem e cujo conteúdo seja muito interessante e o titulo atrativo (nada de clicbait – técnica de enganar através de titulos que não correspondem ao conteúdo). A melhor forma de fazer que uma conta de youtube comece a ter algum movimento é publicar os teus vídeos em Facebook, partilhados desde a plataforma, para que qualquer pessoa que já tenhas nestes meio possam interessar-se em ser subscritores do teu conteúdo de youtube.

O ideal é que tenhas alguns vídeos publicados para que as pessoas possam ter mais informação de que vai o canal e o conteúdo que pode seguir se se subscreve. Twitter também é um bom canal para publicar vídeos. Afinal, se o vídeo é tão bom que milhares de pessoas o vejam, o que chamamos vídeos virais, tem a possibilidade de ser catapultado para a seção de vídeos mais vistos de Youtube e aí ganhas sem dúvida um avanço impressionante. Mas não é fácil ter um conteúdo viral. Mas se tens um bom vídeo que atraia algumas pessoas, as suficientes para que youtube classifique o teu conteúdo de interessante e te possa mostrar nos feeds de outros canais como recomendações. Mas, nesta matéria de youtube há que ser paciente. Sobre isto falaremos com mais detalhe em próximas entradas.

TWITTER

Começar uma conta nova de Twitter não pode ser mais simples: só tens de preencher um formulário com o teu nome e um par de linhas sobre ti e já podes começar a falar do que te der na real vontade. Podes falar do teu conteúdo ou de conteúdo alheio. Lembra-te que o Twitter é um sítio de microblogging, ou seja, que apenas te permite escrever um par de frases com caracteres limitados cada vez que queres dizer algo. Mas podes partilhar links que levem ao conteúdo na integra.

A principal forma de conseguir seguidores em Twitter é pedir aos teus amigos que te sigam e depois “tweet” de atualizações de estados interessantes. Twitter tem também um algoritmo que anima as pessoas com gostos semelhantes aos teus a seguir-te, pelo que os seguidores às vezes aparecem como por arte de magia. Se as tuas atualizações de estado são suficientemente interessantes, as pessoas voltarão a publicá-las, ou seja, o mesmo que dizer que as repetirá, parafraseando as tuas próprias atualizações de estado. Se as tuas atualizações incluem um hipervinculo à tua página web ou blog ou loja onlinem os “retweets” podem ser especialmente valiosos porque podem conduzir à aquisição de novos hipervinculos.

 

À medida que a sua página web vá conseguindo mais exposição e links de grande parte das pessoas das redes sociais, deveria procurar a forma de conservar o sucesso, agregando conteúdo mais atrativo regularmente. Lembra-te de mencionar sempre algo pessoal e real nas tuas atualizações de estado junto com os hipervinculos à tua página web se assim for o caso. Afinal, descobrir a melhor forma de criar atualizações de estado resulta de perguntar-se a si mesmo: O que é que a mim me interessa ver nas plataformas que visito? O que é que as pessoas mais gostam de ver nas plataformas que visito? Por norma, aqueles que têm sucesso não têm fórmulas exclusivas nem especiais só para eles, têm muito trabalho correto recompensado. Os motores de procura cada vez vão-se tornando mais e mais sofisticados, a colocação do SEO e meios sociais vão-se misturando com preferências sociais, gostos, interesses sociais e outros fatores “sociais” que influênciam aquilo que nós encontramos nos nossos motores de procura.

Quando olhamos para o futuro, a norma para oferecer um “eu gosto” ou um dedos para cima para as redes sociais é sempre acrescentar conteúdo de qualidade à comunidade e estabelecer conversas reais com gente. Por isso, faz disso a tua guia também.

Então afinal que tipo de conteúdos são os que devo publicar?? Deves publicar o que realmente possa contar uma história sobre o teu negócio, fazer as pessoas prenderem a atenção ao que estás a dizer, quererem saber mais, acompanhar mais, dar-lhes informação útil que realmente acrescente alguma coisa positiva na sua vida ou algum impacto ou simplesmente pode apenas, diverti-las como meio de estratégia de marketing.

Há duas regras fundamentais num conteúdo: uma é uma boa redação, sem erros ortográficos e com sentido lógico. A outra é a arte de ser assertivo e ao mesmo tempo criar um interesse já seja com palavras, já seja com texto.

Se tens dificuldade em criar conteúdo interessante e realmente precisas de alguém que te ajude nisso, a Like My Web tem pessoas especializadas em todos os campos para criar conteúdos de marketing digital para qualquer negócio. Por isso, não hesites em contactar-nos.

 

RECEBE A NOSSA NEWSLETTER
Estou de acordo que a minha informação pessoal seja transmitida a Like My Web através de MailChimp ( mais informações consulta a nossa política de privacidade )
Recebe as últimas novidades do mundo digital e informações úteis. Aprende a optimizar a tua página web, a melhor o conteúdo dos teus blogs, a saber monotorizar o teu site, a melhorar o tráfico de visualizações e muitas outras dicas de marketing digital. Subscreve já à nossa newsletter!
Não gostamos de SPAM. O teu email nunca será vendido ou partilhado com terceiros. Está 100% seguro connosco. Podes retirar a tua subscrição em qualquer momento.
Posted in ,
pexels-photo-872955

A nossa equipa

Fazer uma página web não é simplesmente criar um desenho bonito com conteúdo. Criar uma página exige as pessoas adequadas, com o conhecimento necessário para saber que o teu negócio depende do nosso trabalho. Por isso confia o teu trabalho na nossa equipa, isso é o que nos faz diferente dos outros. 

Conhece-nos!