fbpx Skip to content

O que é um Blog? (E por que toda empresa precisa começar a “blogar”)

23 Agosto 2019

Embora os blogs tenham começado como uma espécie de revista digital, no qual permite às pessoas escreverem sobre suas vidas e experiências, ele logo tornou-se uma ferramenta de marketing para as empresas conectarem-se com seu público-alvo.

Segundo um estudo realizado pela Hubspot (Empresa de desenvolvimento e comércio de produtos de software para vendas e marketing inbound, desde 2006), as pequenas empresas que passaram a utilizar o blog como ferramenta de comunicação obtiveram um aumento nos negócios de 126% comparados às empresas que não possuem blogs.

Isso porque os blogs são uma ótima maneira de agregar valor às leads (oportunidades de negócios) e clientes por meio de conteúdo educacional e envolvente que atenda às suas maiores necessidades e desafios. 

Sem contar que as empresas são capazes de mostrar um pouco de personalidade no conteúdo de seu blog, o que pode ajudá-las a estabelecer e reforçar sua persona da marca.

Aqui respondemos o que é um blog e explicamos como os blogs podem ajudar a tua empresa a alcançar e conectar-se com seu público ideal. Também forneceremos as informações necessárias para começares a criar um blog dos teus negócios.

O que é um blog?

E como isso difere do site principal da tua empresa?

Um blog é um site que é atualizado com novas informações numa base contínua. Normalmente consiste numa coleção de posts. Os posts podem ser curtos, informais, controversos ou mais profissionais.

Existem algumas coisas que diferenciam um blog de um site tradicional. A primeira é que os blogs são atualizados de forma consistente. 

Se uma marca actualiza o seu blog diariamente, semanalmente ou mensalmente, eles estarão a criar novos conteúdos no blog regularmente para que os leitores possam  envolverem-se. 

Com um site tradicional, tu até podes atualizar o conteúdo de tempos em tempos, contudo, na maior parte do tempo, o conteúdo permanece o mesmo por períodos mais longos.

A outra principal diferença entre um blog e um site tradicional é que o conteúdo do blog incentiva o envolvimento. 

Enquanto uma página de site tradicional fornece informações para o visitante e incentiva-o a tomar uma ação específica, o conteúdo do blog oferece a opção para os leitores comentarem e fazerem perguntas em publicações individuais.

Isso significa que os visitantes estão a interagir com as tuas publicações de blog de uma maneira diferente das páginas do site principal.

Por que toda empresa precisa de um blog

Agora que tu já sabes a resposta para a pergunta – o que é um blog – é hora de falar sobre como um blog pode ajudar-te a expandir os teus negócios . Um dos maiores benefícios do blog é que ele ajuda-te a conectar e construir relacionamentos com leads e clientes.

O teu blog é um ótimo lugar para fornecer conteúdo que agrega valor para os teus leitores e ajuda-os a entender melhor como resolver os seus maiores desafios. 

Ao publicar de maneira consistente um conteúdo atraente e atencioso no teu blog, tu estarás em trabalho constante a fim de mostrar às leads e clientes que sua marca tem algo a oferecer.

Também através do teu blog, Tu podes desenvolver a tua própria comunidade. Imagine receber comentários na seção de comentários do teu blog, a partir do teu público, trocar ideias enriquecedoras, a fim de manter uma relação bilateral 😊

Ao ter uma secção de comentários ativos no blog, tu criarás uma comunidade de pessoas que obviamente farão parte de sua marca.

O blog também é uma ótima maneira de ajudar a diferenciar a tua empresa dos concorrentes que oferecem produtos ou serviços semelhantes. 

No conteúdo do teu blog, tu podes mostrar um pouco de personalidade ao mesmo tempo em que demonstra experiência no setor. 

Esse pode ser o fator decisivo para um consumidor que está prestes a comprar sua empresa ou um de seus concorrentes. 

Tu podes usar o conteúdo do blog para mostrar aos clientes como a tua empresa é diferente e que novo valor estás pronto para fornecer.

Outro benefício adicional do blog é que ele ajuda a melhorar a otimização do mecanismo de pesquisa. 

Toda vez que adicionas conteúdos focados em palavras-chave ao teu site, estás a trabalhar para criar autoridade e melhorar as chances de seres encontrado nos mecanismos de pesquisa. 

Sem mencionar que o conteúdo do blog de qualidade ajuda a melhorar os links de entrada, o que contribui para a tua classificação de pesquisa. 

O conteúdo do blog  não direciona o tráfego para o teu site imediatamente após sua publicação. Os usuários de motores de busca (google, yahoo, bing etc) podem encontrar o teu blog muito depois de o conteúdo ter sido publicado. 

Algum conteúdo do teu blog pode estar mais Evergreen (conteúdos bastante falados no momento e que manter-se-ão frescos por tempo indterminado), o que significa que esta publicação pode ajudar a aumentar o tráfego de pesquisa orgânica por um longo período de tempo. 

Conteúdos Evergreen podem fornecer imenso valor para pequenas empresas que dependem de pesquisa orgânica para expandir seus negócios.

Como começar o teu blog

Se já estás pronto para começar a usar o blog da tua empresa, a boa notícia é que é relativamente fácil e acessível adicionar uma secção de blog ao site da empresa existente. Contacte-nos e podemos ajudar-te. 

Se estás a começar do zero, as plataformas de blogs, como o WordPress.com e o Blogger, permitem que tu comeces gratuitamente. 

No entanto, para criar uma experiência de marca perfeita e manter uma imagem profissional, Será melhor investir em um nome de domínio e hospedagem exclusivos. A Like My Web possui design exclusivo e personalizado. Significa que desenhamos um blog para si a partir de uma tela branca.

Depois de ter o blog no teu site atual ou ter iniciado um novo blog a partir do zero, é hora de começar a “blogar”. Siga estas etapas para preparares-te para o sucesso:

1. Comece com uma estratégia de blogging.

Por trás de todo grande esforço de marketing de conteúdo está uma estratégia detalhada que ajuda a orientar o processo. E o blog não é uma exceção!

Primeiro, deves descrever o objetivo do teu blog. Por que queres criar conteúdo de blog e o que esperas alcançar? 

Responder à estas perguntas ajudará a permanecer no caminho certo enquanto estiveres a debater tópicos e criar conteúdo para o blog.

Isso ajudará a garantir que tu forneças valor para os teus visitantes em cada etapa do caminho.

Em seguida, tu precisarás definir quem é o teu público. Se já definiste as personas, poderás usá-las para identificar as pessoas que irão ler o teu blog. Se não, tu podes começar a criar descrições dos teus clientes ideais e torná-los no teu público alvo. 

Além da demografia básica, também deves considerar os gostos e desgostos do teu público, bem como os teus maiores desafios e motivadores.

Como parte da tua estratégia de blog, também desejarás determinar com que frequência publicar conteúdo e quem estará envolvido no processo. 

2. Faz alguma pesquisa de palavras-chave.

Depois de ter uma estratégia de blog geral, tu deves concentrar-te na criação de uma estratégia de palavras-chave. 

Lembra-te de que o teu blog terá um papel importante nos teus esforços de SEO. Por isso, é importante começar com uma lista de palavras-chave pesquisada na qual poderás criar conteúdo. 

O objetivo é desenvolver uma lista de palavras-chave relevantes para a tua empresa e oferta de produtos ou serviços.

A pesquisa de palavras-chave é um processo complexo. Não apenas precisas trabalhar para encontrar as palavras-chave que o teu público-alvo está a usar para encontrar empresas como a tua, mas também deve ter em mente qual é o volume de pesquisa e a quantidade de concorrência existente nessas palavras-chave. 

Por exemplo, se estiveres a competir com empresas maiores que têm orçamentos de SEO muito maiores, convém concentrares-te em palavras-chave com menos concorrência.

Se não tens um especialista em SEO na tua equipa, então podes considerar a possibilidade de contratar alguma ajuda externa para esta parte do processo de blogs. 

Para facilitar-te nesse processo, poderás contar connosco para sugerir palavras chaves eficazes baseados em um estudo, a partir do teu tema de assunto.

Embora a  contratação de um profissional de SEO  exija um investimento inicial, ela pode ajudá-lo a economizar mais tempo e dinheiro a longo prazo, ajudando-te a evitar erros dispendiosos como perseguir palavras-chave que  não são adequadas à sua marca.

3. Faz a gestão de temas e e cria um calendário de conteúdo.

Agora que já tens uma lista de palavras-chave em mãos, convém começares a gerar tópicos e criares um calendário de conteúdo. 

Começa com a tua lista de palavras-chave ao debater tópicos potenciais para o seu blog. Embora as palavras-chave de SEO sejam importantes, tens de ter a certeza de que os tópicos que estás a escolher agregam valor aos seus leitores. 

Certifica-te de que todos os tópicos do blog que fazem a lista sejam relevantes para o seu público-alvo. Isso significa concentrares-te em tópicos que abordam os pontos problemáticos e os desafios do teu público.

Depois de ter uma lista de tópicos, já podes começar a criar um calendário de conteúdo . O teu calendário ajudar-te-á a planear o teu conteúdo antepadamente e a manter-te informado ao longo do ano para  garantir  que o conteúdo seja publicado de forma consistente. 

Uma dica importante ao criares o teu calendário de conteúdo, é teres atenção a todos os eventos ou feriados relevantes para criares conteúdos oportunos. Por exemplo, o Ano Novo é uma óptima oportunidade para falares sobre a construção de novos hábitos ou a melhoria de diferentes aspectos da vida de uma pessoa.

Quer uses uma ferramenta de calendário de conteúdo ou apenas criares uma simples planilha, inclua as seguintes informações no teu calendário de conteúdo:

  • Tópico do Blog
  • Palavras-chave SEO
  • Descrição do conteúdo
  • Autor do Conteúdo
  • Data Limite
  • Data de publicação

Estás à vontade para fazeres o teu próprio calendário de conteúdo adicionando qualquer outra informação pertinente. Se tiveres vários públicos-alvo, talvez queiras incluir as personas correspondentes. Tu também podes adicionar informações sobre como o conteúdo será promovido, como redes sociais ou e-mails.

4. Cria conteúdo do blog.

Se já tens um plano, é hora de começares a criar o conteúdo do teu blog! Se tens uma equipa para criar o conteúdo, é importante teres um processo para ajudá-la a trabalhar em conjunto para que o blog tenha um conteúdo rico e completo. Uma vez estabelecido este processo, tudo correrá bem.

Além do conteúdo escrito, inclua imagens e outros recursos visuais que ajudem o leitor a entender as informações que está a ser apresentada. Desenvolva  infográficos  ou vídeos e publique no conteúdo escrito para educar e envolver ainda mais o teu público.

5. Publique e promova o conteúdo.

Depois de preparar o conteúdo do blog, é hora de publicar. Ao enviar o conteúdo para o site, tem atenção a fatores importantes de SEO, como títulos, subtítulos e descrições meta. Esses detalhes ajudam os mecanismos de pesquisa (Ex: Google, Yahoo) a entender melhor o conteúdo do blog para que eles possam mostrá-lo aos usuários certos nos resultados de pesquisa.

Depois que o conteúdo tiver sido publicado no blog, Promova o conteúdo em diferentes canais. Começa a partilhar os links para o conteúdo nas tuas redes sociais.

Facebook/Linked In: Para o Facebook ou Linked In por exemplo, cria uma publicação com um breve resumo e publique a chamar a atenção

Instagram: Publique uma imagem, infográfico ou vídeo, e na legenda cria um breve resumo, informa a link na bio, e abusa dos hashtags.

Email Marketing: Muitas empresas também usam o email marketing para divulgar o conteúdo do novo blog. 

Novas publicações de blog: Ao criar uma nova publicação, não esqueças de vincular o conteúdo do blog relevante a novos blogs criados por ti. Isso ajuda você a melhorar o SEO e, ao mesmo tempo, agrega mais valor aos visitantes interessados ​​em saber mais sobre o assunto.

Como configurar o blog

Ainda pode haver alguma confusão em torno da diferença entre um blog e um site tradicional quando se trata do design e da estrutura de cada um. Existem algumas maneiras diferentes pelas quais as empresas podem posicionar o blog em relação ao site principal:

1. Anexa o teu blog ao site da tua empresa.

Um blog integrado está alojado no site principal da tua empresa. Pode aparecer como uma subpasta no teu site (company.com/blog) ou como um  subdomínio  (blog.company.com).

Para a maioria das pequenas empresas, essa é a melhor opção para hospedar o blog, pois oferece vários benefícios:

  • Um blog integrado ajuda a criar uma experiência perfeita para os visitantes do teu site, já que eles não precisam ir a um site separado para ler o conteúdo do teu blog.
  • Ter conteúdo de blog no teu site ajuda os visitantes a reconhecer a tua marca como líder do setor, porque tu forneces conteúdo de qualidade e útil.
  • O conteúdo do blog ajuda-te a adicionar muito mais conteúdo no teu site, e quanto mais conteúdo tiveres, melhores serão as classificações nos resultados dos motores de busca.
  • Quaisquer backlinks que chegarem às publicações do blog ajudarão a melhorar o SEO (search engine optimization) geral do site da tua empresa, ajudando o site a ter uma classificação mais alta na página de resultados do motores de busca ( SERP ).

Além desses benefícios, um blog integrado também é mais económico e mais fácil de estabelecer e manter. Torna assim uma opção eficaz para pequenas empresas que estão em busca de um método de divulgação do seu negócio e não tenha que dispensar do seu orçamento valores elevados.

2. Usa o teu blog como o site da sua empresa.

Outra opção que podes reparar enquanto navega na web é uma empresa cujo site principal é o blog. Isso é mais comum para blogueiros profissionais que têm um público estabelecido e encontraram uma maneira de monetizar o conteúdo que publicam, geralmente por meio de publicidade e marketing de afiliados.

Se o teu modelo de negócio não está centrado em um blog, esta não é a melhor opção. Se vende os teus produtos ou serviços on-line, é melhor ter um site principal que forneça aos visitantes um conteúdo de página estática que descreva os produtos ou serviços. O blog é mais destinado a fornecer novos conteúdos sobre tópicos que o teu público acha interessantes.

3. Podes hospedar o teu blog em um site separado.

Outra opção é ter um site de blogs totalmente separado do site principal da empresa. Isso é algo que costuma ser visto em empresas maiores que trabalham para criar recursos de marketing de conteúdo separados ou líderes de pensamento do setor que desejam separar o conteúdo do blog do conteúdo do site da empresa.

Quando se trata da logística, um blog separado terá um domínio totalmente diferente. Por exemplo, em vez de company.com/blog ou blog.company.com, seu blog terá seu próprio URL, como companyblog.com.

Um ótimo exemplo de um empreendedor com blogs e sites de negócios separados é Neil Patel. Patel fundou várias empresas com sites individuais, como o  CrazyEgg  e o Kiss Metrics . No entanto, ele também “bloga” no seu site pessoal, onde anuncia os seus serviços de consultoria e criou um blog separado (quicksprout.com) como uma maneira de firmar-se como um influenciador da indústria.  

Aqui estão algumas razões pelas quai tu poderás querer ter um blog separado do site principal da sua empresa:

  • Queres estabelecer liderança de pensamento ou especialista do setor, separado da sua empresa.
  • Planeias cobrir um escopo de conteúdo que pode não ser diretamente relevante para a oferta de produtos ou serviços da tua empresa.
  • Queres desenvolver conteúdo de blog que adote um tema que talvez não seja apropriado para o site principal da tua empresa.
  • Queres promover o blog como marca própria, separado da empresa principal.

Em resumo, há uma grande desvantagem em manter um blog separado do teu site principal. A questão mais evidente é como um site separado afetará sua otimização dos motores de busca. 

A melhor maneira de melhorar o SEO e criar autoridade para o site da tua empresa é publicar regularmente conteúdo de blog relevante e envolvente que os usuários possam encontrar quando pesquisarem termos relevantes. 

Quando o blog é separado do site principal, isso não ajuda a direcionar o tráfego de volta para o site principal da tua empresa.

Para a maioria das pequenas empresas, um blog integrado ao site principal é a melhor opção, pois isso ajuda nos  esforços de criação de SEO  para o site principal. No entanto, se pensas ter um blog separado do site da empresa principal, convém consultar especialistas em SEO para desenvolver uma estratégia para cada site separado.  

Até agora, esperamos ter respondido com sucesso à pergunta – o que é um site de blog? É importante lembrar que o teu blog não apenas ajuda-te a melhorar seus esforços de SEO, o que pode levar a um aumento de tráfego, mas também desempenha um papel importante em ajudar-te a estabelecer conexões e construir relacionamentos com o teu público.Se levas com seriedade e compromisso o crescimento do teu negócio através de conteúdo de blog de qualidade, adoraríamos ajudar. Nossa equipe de especialistas em web design  pode ajudar-te a determinar qual será o melhor formato para o teu blog e trabalhar para colocar em funcionamento. Se precisas de ajuda para criar conteúdo de blog eficaz, também fornecemos  serviços de marketing de conteúdo  para fornecer conteúdo de blog atraente, educativo e divertido para o teu site de forma consistente.

RECEBE A NOSSA NEWSLETTER
Estou de acordo que a minha informação pessoal seja transmitida a Like My Web através de MailChimp ( mais informações consulta a nossa política de privacidade )
Recebe as últimas novidades do mundo digital e informações úteis. Aprende a optimizar a tua página web, a melhor o conteúdo dos teus blogs, a saber monotorizar o teu site, a melhorar o tráfico de visualizações e muitas outras dicas de marketing digital. Subscreve já à nossa newsletter!
Não gostamos de SPAM. O teu email nunca será vendido ou partilhado com terceiros. Está 100% seguro connosco. Podes retirar a tua subscrição em qualquer momento.
pexels-photo-872955

A nossa equipa

Fazer uma página web não é simplesmente criar um desenho bonito com conteúdo. Criar uma página exige as pessoas adequadas, com o conhecimento necessário para saber que o teu negócio depende do nosso trabalho. Por isso confia o teu trabalho na nossa equipa, isso é o que nos faz diferente dos outros. 

Conhece-nos!